Ir para o conteúdo
  MENU

Município de Santarém

Página principal

Noticias

Câmara Municipal de Santarém define como prioritário a implementação do Plano de Promoção de Acessibilidade da Cidade

Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal de Santarém (CMS) e João Teixeira Leite, Vereador com o pelouro da revitalização e qualificação urbana, reuniram com o r...

Read more

Noticias

Câmara de Santarém coloca relva sintética nos polidesportivos escolares

O Município de Santarém está a colocar relva sintética multidesportiva nos polidesportivos de ar livre nas Escolas Alexandre Herculano, Mem Ramires e D. João II. É uma p...

Read more

Noticias

Briefing Diário – 03 de dezembro - “COVID-19”

Consulte o Briefing Diário (dia 03 de dezembro) da Situação Epidemiológica do Município de Santarém no âmbito do Plano Municipal de Emergência e Proteção Civil do Concelh...

Read more

Noticias

Santarém transforma-se em Reino de Natal de 07 de dezembro a 09 de janeiro

A cidade Santarém transforma-se no Reino de Natal, de 07 de dezembro a 09 de janeiro, com muita animação e programas para todas as idades. Existem diversas iniciativas, ...

Read more

Noticias

Município de Santarém assinala Dia Internacional da Pessoa com Deficiência com campanha de inserção socioprofissional

No âmbito do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, que se assinala esta sexta-feira, 3 de dezembro, a Comissão Municipal de Proteção da Pessoa Idosa e ou Dependent...

Read more

Nova-Velha Dança

Categoria
Teatro Sá da Bandeira
Data
2017-06-16 21:30 - 2017-06-17 23:30
Local
Teatro Sá da Bandeira e Incubadora D’artes - Rua João Afonso n.º 7, 2000-055 Santarém
Telefone
243 309 460
Email

Ana Rita Teodoro trabalha desde 2012 numa coleção de peças coreográficas dedicadas a um orifício do corpo. Delirar a Anatomia baseia-se no estudo da anatomia, da fisiologia e da paleontologia para, com a distância crítica necessária, rebeliar o corpo das funções ditadas. Fazem parte da coleção: Sonho D’Intestino, dedicado ao ânus e órgão conexo; Orifice Paradis, dedicado à boca-vagina; e duas novas peças, Palco, uma homenagem ao joelho e Pavilhão, ao ouvido, que têm estreia absoluta em Santarém. Em estreia está também a nova peça de Carlos Manuel Oliveira, do desconcerto, por um lado / da aventura, por outro. Não se focando em nenhuma parte do corpo em especial, explora-o enquanto campo de conhecimentos, da mais simples organização do toque à problemática negociação do comum. O trabalho é desenvolvido e apresentado na (sua) antiga escola primária de São Salvador, agora INcubadora D’Artes, propondo refletir sobre aprendizagem e transmissão dos saberes. Para concluir e encerrar o ciclo contamos com uma derradeira estreia, o lançamento de um novo disco do pianista Simão Costa, que aceita aqui o desafio de preparar o piano Steinway do Teatro Sá da Bandeira para um concerto tecno acústico sem lugares sentados.

16 jun. | 6ª feira

Palco (Estreia)

Pavilhão (Estreia)

Coleção Delirar a Anatomia

de Ana Rita Teodoro

Horário: 21h30

Local: Teatro Sá da Bandeira

“No Mestrado em Dança (2011/2013) no CNDC de Angers, iniciei uma pesquisa em torno do corpo nomeado pela disciplina de Anatomia. A pesquisa resulta na criação de uma Coleção de peças de dança, a que chamo de homenagens-dançantes, dedicadas aos orifícios do corpo. Trata-se de uma coleção de estudos febris, desenvolvidos em camadas de leitura, observação, experiência empírica, escrita e composição coreográfica que procuram desvendar os segredos escondidos na constituição física e assim rever funções destinadas e relações pré-estabelecidas. A Anatomia é a disciplina que nomeia as partes do todo, segmenta e estabiliza. O delírio acontece nas ações de isolar, sobrepor ou multiplicar as funções de uma parte nomeada. Esta entra em crise, revela a sua autonomia e renova relações. Deste modo, compõem-se coreografias do sensível onde a palavra e a dança são a entrada privilegiada para uma outra-anatomia.” - Ana Rita Teodoro                  

Palco | Pavilhão (2017) Conceito Ana Rita Teodoro | Interpretação e criação Ana Rita Teodoro e Bernardo Chatillon | Produção Associação Parasita | Residências artísticas CN D, Pólo Cultural das Gaivotas, Espaço do Tempo, Teatro Sá da Bandeira/Parasita, Mala Voadora. Porto | Coprodução Parasita, Teatro Rivoli, CN D, Fundação Geral das Artes Apoio GDA Sonho d’intestino | Orifice Paradis (2012|13) Criação e performance Ana Rita Teodoro | Produção CNDC Angers, Associação Parasita

Mestre em “Dança, Criação e Performance” pelo CNDC de Angers e a Universidade Paris 8 (2011/2013), Ana Rita Teodoro desenvolveu como pesquisa a criação de uma “Anatomia Delirante”. Em 2002 foi aluna do Curso de Pesquisa e Criação Coreográfica do Fórum Dança e em 2015 do curso de Coreografia organizado pela Fundação Calouste Gulbenkian. Participa ativamente nos exercícios do c.e.m., onde desencadeia o estudo do corpo via a anatomia experiencial, a filosofia e o cruzamento pluridisciplinar, com Sofia Neuparth em particular, entre outros. Em 2007/2010 fez o Curso de Instrutores de Chi Kung, da Escola de Medicina Tradicional Chinesa de Lisboa. O butoh de Tatsumi Hijikata tem sido uma das suas áreas de maior investimento artístico. Desde 2007 que participa em diferentes workshops liderados por artistas e pesquisadores como Tadashi Endo, Sankai Juko, Torifune, Akira Kasai, Min Tanaka, Yoshito Ohno, Patrick De Vos e Christine Greiner. Recentemente (2015) recebeu a Bolsa de Aperfeiçoamento Artístico da Fundação Calouste Gulbenkian para voltar ao Japão e estudar com Yoshito Ohno e para o ano de 2016 desenvolve uma pesquisa em torno da prática do Butoh com o apoio do CN D (Pantin), Aide à la recherche et au patrimoine en danse, a ser exposta no início de 2017. Desde 2009, Ana Rita Teodoro criou as seguintes coreografias a solo: MelTe (2009), Curva (2010), Orifice Paradis (2012), Sonho d’Intestino (2013) e ASSOMBRO (2014-15). Trabalha em diversos projectos pontuais com artistas como Sofia Neuparth, Márcia Lança, Laurent Pichaud, João dos Santos Martins e Marcela Santander Corvalàn.

17 jun. | sábado

17h00 | Do Desconcerto, por um lado
Da Aventura, por outro
(Estreia)

de Carlos Manuel Oliveira

Local: Incubadora D’artes

“do desconcerto, por um lado / da aventura, por outro” é a primeira de uma série de incursões à relação entre ato e conhecimento, com que se pretende aferir as dependências entre um e outro em corpos que aprendem e desaprendem, e contrapor a capacidade destes à regulação dos saberes.

Perante tal horizonte, cabe-nos a arqueologia de um passado tão próprio quanto comum, pelo qual viemos a incorporar o paradoxo de uma época: acumular sem fim, para uso de uma vida sobre a qual pouco podemos. Interessa-nos, por exemplo, a formação do conhecimento no ato da sua enunciação; de como corpo e contexto, potencia e possibilidade, se entrecruzam para situar o que acontece; ou de como, do desconcerto entre memória e ação, o que é sabido perde sentido. Também há a confusão entre o que se sabe de uma maneira, o que se sabe de outra, e o que não se sabe porque se esqueceu. Coisas da razão, da intuição, e de tantas outras faculdades, entrelaçadas entre si em sinestesias várias. Interessa-nos o desnorte como requisito da aprendizagem, o acaso e a vontade como meios do saber por vir; de como se aprende na ausência de pedagogias, e de como com isso se criam singularidades. Há o inconsciente, do qual pouco se sabe, e há também o outro, com O grande ou nem tanto. Encontros fartos de estranheza e amplitude, quase além do reconhecimento senão mesmo.

Este é, enfim, um estudo sobre a própria condição do estudo.

- Carlos Manuel Oliveira

Uma peça de Carlos Manuel Oliveira, cocriada com Daniel Pizamiglio, e atuada pelos dois. Com cenografia de Tiago Gandra, e alguma colaboração de Ana Trincão. Uma produção Mundos sem Fundos, em coprodução com Associação Parasita. Criada em residência n’O Espaço do Tempo em Montemor-o-Novo, no Musibéria em Serpa, na Incubadora d’Artes em Santarém, na Subud em Bucelas, no Centro Ciência Viva do Alviela pela Materiais Diversos, e no 23 Milhas em Ílhavo.

Carlos Manuel Oliveira é Doutorado pelo Programa UT Austin | Portugal com a tese “Objetos Coreográficos: Abstrações, Transduções, Expressões”; é Bacharel em “Dança Contemporânea: Coreografia e Contexto” pela Universidade de Artes de Berlim; e é Mestre em Estudos do Ambiente pela Universidade Nova de Lisboa (poe esta ordem). Frequentou o curso de “Artes Performativas Interdisciplinares e Tecnológicas” do Programa Criatividade e Criação Artística da Fundação Calouste Gulbenkian e o curso de “Criatividade Científica e Investigação Artística” do Laboratório de Antropologia e Dança (AND_Lab). É investigador associado do Centro Inter-Universitário de Dança de Berlim e do Centro de Linguística da Universidade Nova de Lisboa. Foi professor associado de estudos dos media no Instituto Superior de Tecnologias Avançadas, director artístico do “Novo Circo do Ribatejo” e coordenador nacional do sector de teatro no INATEL. Entre outros, trabalhou e estudou com Kattrin Deufert, Thomas Plischke, Boris Charmatz, Gill Clark, Franz Anton-Cramer, Hanna Hegenscheidt, Susan Klein, Wojtek Ziemilski, Alex Baczynski-Jenkins, Litó Walkey, Jonathan Burrows, Marcelo Evelin,  Fernando Romão, João Fiadeiro, André Lepecki, Bruno Pernadas e Urândia Aragão. Atualmente desenvolve o seu trabalho coreográfico entre a performance, a instalação e a escrita.

21h30 | Orifice Paradis (2012)

Sonho D’Intestino (2013)

Coleção Delirar a Anatomia

de Ana Rita Teodoro

(Duração) 60’ (Classificação) M16 (Preço) 5€

Local: Teatro Sá da Bandeira

22h30 | Beat Without Byte (Estreia)

de Simão Costa

Concerto/Festa de encerramento, lançamento nacional de disco

Local: Teatro Sá da Bandeira

Beat without byte “Um concerto com o público em pé, mesmo em lógica de danceteria ou rave, ou o que seja, com o intuito de fazer o público dançar.

Em palco

1 piano, 1 pianista, 1 pista de dança, vários públicos e vários dispositivos eletromagnéticos.

Zero computadores igual a zero bytes.” - Simão Costa

Simão Costa nasceu em 1979. Vive e trabalha em Lisboa. É compositor, pianista e criador de instrumentos/objetos/códigos informáticos. Dos trabalhos mais recentes destacam-se o π_ANO PRE·CAU·TION PER·CU·SSION ON SHORT CIRCUIT para piano solo e as esculturas sonoras interativas C_vib. Tem colaborado com artistas de diversas áreas e práticas. O seu trabalho foi apresentado em Portugal, Espanha, França, Bélgica, Polónia, Holanda, Reino Unido, Grécia, Itália e Brasil.

Patente até 17 jun.

Exposição/Instalação/Investigação | Bar-Galeria TSB

Para uma Timeline a Haver - genealogias da dança enquanto prática artística em Portugal

Ana Bigotte Vieira, João dos Santos Martins

Construindo na galeria do Teatro Sá da Bandeira uma cronologia para a dança em Portugal, Para uma Timeline a Haver é um exercício coletivo de investigação e de sinalização de marcos relativos ao desenvolvimento e disseminação da dança como prática artística em Portugal nos séculos XX e XXI, com especial incidência na segunda metade do século XX.

Curadoria e investigação: Ana Bigotte Vieira, João dos Santos Martins | Coordenação do projeto de ativação: Ana Bigotte Vieira | Produção: Associação Parasita | Apoio: Fundação Calouste Gulbenkian | Parceria: Instituto de História Contemporânea, Centro de Estudos de Teatro | Design: Ana Schefer e Teo Furtado | Apoio à pesquisa: Pedro Cerejo, Sílvia Pinto Coelho | Agradecimentos: Paula Caspão, Maria José Fazenda, Daniel Tércio.

Exposição | Piano-Bar TSB

Dança do Existir - Retrospetiva em imagens do trabalho coreográfico de Vera Mantero

Cerca de 30 fotografias traçando o percurso da coreógrafa, das suas primeiras criações às mais recentes. A exposição integra ainda a consulta de registos videográficos de alguns dos trabalhos da coreógrafa.

Fotos de lcino Gonçalves, Dirk Rose, Henrique Delgado, José Fabião, Jorge Gonçalves, João Tuna, Laurent Philippe

Horário: de quarta a sábado das 16h00 às 19h00 | em noites de espetáculo abre uma hora antes do mesmo

Nova-Velha Dança: Curadoria e direção: João dos Santos Martins | Produção executiva e assessoria de imprensa: Patrícia Azevedo da Silva | Coordenação do projeto “Para uma Timeline a Haver”: Ana Bigotte Vieira | Design gráfico: Ana Schefer, Teo Furtado | Produção: Associação Parasita | Coapresentação: Teatro Sá da Bandeira | Equipa Teatro Sá da Bandeira: Coordenação e Programação Pedro Barreiro | Produção Rodrigo Melo | Equipa Técnica Tiago Correia, Ricardo B. Marques | Frente de casa Fernando Romão, José Maria Moreira | Apoios Institucionais: TSB, Incubadora D’Artes, Câmara Municipal de Santarém | Apoio ao projeto “Para uma Timeline a Haver”: Fundação Calouste Gulbenkian, Instituto de História Contemporânea, Centro de Estudos de Teatro | Escolas associadas: Escola Secundária Dr. Ginestal Machado, Escola E.B, 2 e 3 D. João II | Parcerias: O Espaço do Tempo, Musibérica, Materiais Diversos, Circular Associação Cultural | Projeto subsidiado pela REPÚBLICA PORTUGUESA / DIRECÇÃO GERAL DAS ARTES.

Local: Teatro Sá da Bandeira/ Incubadora D’artes

 
 

Todas as datas

  • De 2017-06-16 21:30 a 2017-06-17 23:30
 

Contactos

  • Município

  • Freguesias

  • Empresas Municipais

  • Segurança

  • Saúde e Serviços Sociais

  • Serv. Judiciais

  • Serv. Públicos

  • Serviço de Higiene e Limpeza

     800 207 776

  • Serviços de Cemitérios

     243 352 034
     

  • Casa Pedro Álvares Cabral/Casa do Brasil

    243 304 652

  • Posto de Turismo

     243 304 437
     

  • Biblioteca Municipal Braamcamp Freire

    243 330 240 
     

  • Divisão de Ação Social e Saúde

     243 304 400

  • BLV- Banco Local de Voluntariado

     243 304 400
     

  • Serviço de Atendimento a Familiares e a Doentes de Alzheimer

    243 304 400

  • Câmara Municipal de Santarém

    243 304 200

  • Programa Rede Social – CLASS

     243 304 424
     

  • Gabinete de Psicologia da Criança e do Adolescente

     243 304 400
     

  • Gabinete de Apoio ao Imigrante e Minorias Étnicas

     243 304 400

  • Secção de Receitas

     243 304 217
     

  • Tesouraria

     243 304 214
     

  • Divisão de Espaços Públicos e Ambiente

    243 304 200

  • Divisão de Planeamento e Urbanismo

    243 304 627 / 243 304 622

  • Divisão de Educação e Juventude

    243 304 400

  • Ambiente e Sustentabilidade - Equipa Multidisciplinar de Ação para a Sustentabilidade

    243 304 450

  • Serviço de Atendimento da Divisão de Ação Social e Saúde

    243 304 400

  • Divisão de Planeamento e Projetos

    243 304 252 / 243 304 240

  • Divisão de Recursos Humanos e Administração

    243 304 200

  • NIAC - Núcleo de Informação Autárquica ao Consumidor

    . 243 304 408 
     

  • Serviço de Sanidade e Higiene Pública Veterinária

     243 304 230
     

  • Relações Públicas e Comunicação

    243 304 400

  • Assembleia Municipal de Santarém

    243 304 223
     

  • Gabinete Técnico Florestal

    243 333 122

    Seg, Qua e Sex: 09h30 às 12h30

  • Departamento Técnico e Gestão Territorial

    243 304 252 / 243 304 240

  • Sala de Leitura Bernardo Santareno

     243 304 649
     

  • Departamento de Administração e Finanças

    243 304 200

  • Sapadores Bombeiros

    243 333 122 / 243 333 091

  • Centro Local de Apoio à Integração de Imigrantes

     243 304 400/243 304 409

  • RLIS – Rede Local de Intervenção Social

     914 516 813

     

  • Casa do Ambiente

    243 304 216

  • Loja do Cidadão

    707 241 107

  • Teatro Sá da Bandeira

    243 309 460

     

  • Centro de Investigação Prof. Doutor Joaquim Veríssimo Serrão

    243 304 662

     

  • União de Freguesias da cidade de Santarém

    243 321 531

  • Junta de Freguesia de Gançaria

    243 405 164

  • União das freguesias de Casével e Vaqueiros

    243 441 253

  • União das Freguesias de Azoia Cima e Tremês

    243 479 923

  • Junta de Freguesia de Moçarria

    243 499 592

     

  • Junta de Freguesia de Póvoa da Isenta

    243 769 350

  • União das Freguesias de São Vicente do Paúl e Vale de Figueira

    243 441 857

  • Junta de Freguesia de Arneiro das Milhariças

    243 449 807

  • Junta de Freguesia de Vale de Santarém

    243 769 614

  • União das Freguesias da Romeira e Várzea

    243 469 758

  • Junta de Freguesia de Pernes

    243 440 570 

     

  • Junta de Freguesia de Amiais de Baixo

    249 870 787

  • União Freguesias de Achete, Azoia Baixo e Póvoa Santarém

    243 469 555

  • Junta de Freguesia de Abrã

    243 400 548

     

  • Junta de Freguesia de Alcanede

    243 400 313

  • Junta de Freguesia de Abitureiras

    243 469 599

  • Junta de Freguesia de Alcanhões

    243 429 794

  • Junta de Freguesia de Almoster

    243 491 404

  • Pavilhão e Nave Desportiva Municipal

     243 300 908

  • A.S. - Empresa das Águas de Santarém - EM, S.A.

    243 30 50 50

  • Piscinas do Sacapeito

     243 300 905

  • Complexo Aquático Municipal

     243 300 900
     

  • Viver Santarém

    243 300 900

     

  • Proteção Civil Municipal

    243 333 122/ 243 333 091

  • Sapadores Bombeiros

     243 333 122 / 243 333 091 

  • Polícia de Segurança Pública

    243 322 022

  • Guarda Nacional Republicana Brigada 2 - Grupo Territorial de Santarém

    243 300 070

     

  • Bombeiros Voluntários De Santarém

    243377900

     

  • Serviço Municipal de Proteção Civil

    800 222 122

  • Hospital Distrital de Santarém

     243 300 200 

  • Centro Regional de Segurança Social

    243 330 400

  • Administração Regional de Saúde

    243 300 700

  • Unidade de Saúde Familiar do Planalto (Centro de Saúde de Santarém)

    243 303 231/32/33 

  • Unidade de Saúde familiar de S. Domingos (C.S. Santarém)

    243 330 600/601

  • Santa Casa da Misericórdia de Santarém

    243 305 260

  • Cruz Vermelha Portuguesa

     243 323 374
     

  • APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima

    243 356 505

     

  • GAV - Gabinete de Apoio à Vítima de Santarém

    243 356 505

  • Procuradoria da Instância Local Criminal de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central de Instrução Criminal de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central Criminal de Santarém

    243 305 150

  • DIAP

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central do Trabalho de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central Cível de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria do Tribunal da Concorrência, Regulação e Supervisão

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central de Comércio de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central de Família e Menores de Santarém

    243 305 150

  • CTT – Estação

    243 309 730

  • Portugal Telecom, Comunicações S.A.

    243 500 900

  • EDP - LTE - Eletricidade de Portugal

    808 505 505 (linha comercial)

    800 506 506 (avarias

  • Rodotejo

    243 333 200

  • CP - Caminhos-de-ferro Portugueses

    243 333 180

    www.cp.pt

  • Museu Diocesano de Santarém

    243 304 065

  • Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas – CNEMA

    243 300 300

     

×
Este Portal utiliza "Cookies" que permitem melhorar a experiência do utilizador. Ao continuar a navegar, concorda com a sua utilização.
Consulte os Termos e Condições de Utilização do Portal, e a Política de "Cookies".
×

IMPULSO, QUORUM BALLET